FALTAM 3 PONTOS PARA DILMA E AÉCIO. QUEM VAI LEVAR?

Por Marco Damiani, 247

Esta é a distância que resta, segundo o Ibope, para que a presidente Dilma Rousseff, com 47% dos votos válidos, conquiste a vitória no primeiro turno; é também a diferença, segundo o Datafolha, que separa o tucano Aécio Neves, com 21%, de Marina Silva, que tem 24% – o que, com a margem de erro, pode até ser um empate técnico; nas eleições mais emocionantes dos últimos tempos, a disputa pode ser resolvida no olho mecânico; o próximo domingo pode indicar Dilma em primeiro turno, ou um segundo turno entre a presidente e Marina ou Aécio; qual é a sua aposta?

Marco Damiani, 247 – A contagem regressiva começou. Com as campanhas suspensas, como forma de dar tranquilidade para a reflexão dos eleitores, menos de 72 horas separam 140 milhões de brasileiros das urnas eletrônicas do domingo 5. Será a sétima eleição presidencial direta desde a redemocratização do País, em 1985 – e, sem dúvida, a de prognóstico mais difícil de ser apontado. Ao longo dos dois meses de campanha eleitoral pela televisão, além dos quase dois anos em que, desde o lançamento informal de Aécio Neves, pelo ex-presidente Fernando Henrique, a disputa, na prática, começou, tudo o que se sabe é que tudo pode acontecer no domingo.

Segundo pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira 2, Dilma tinha 40% de intenções de voto, mas os porcentuais mais debatidos foram os de Marina e Aécio, respectivamente com 24% e 21%. Uma situação de empate técnico.

De acordo com o Ibope veiculado também ontem, as projeções de votos válidos davam a Dilma 47%, contra 28% para a adversária do PSB e 22% para o senador tucano. Nesse quadro, não é exagero considerar a vitória de Dilma já em primeiro turno. Nas últimas pesquisas Ibope, a presidente empreendeu uma escalada de 42%, 43%, 45% e, agora, 47% de intenções na tabela dos votos válidos, quando são desconsiderados os brancos e nulos. Para ela, assim, faltariam 3 pontos percentuais mais um voto para encerrar a disputa no primeiro turno.

Para o Datafolha, também é de 3 pontos percentuais a diferença entre Marina e Aécio. Significa dizer que uma pequena variação na escolha dos eleitores pode configurar uma completa mudança na eleição. Se Dilma é dada como presença certa no segundo turno, ela também tem chance de resolver a eleição no domingo 5. Mesmo momento em que se saberá qual vai ser o adversário dela na segunda volta. Hoje, as pesquisas ainda dizem que é Marina, mas depois de amanhã os votos podem determinar que é Aécio.

Trata-se de um final coerente para uma eleição que atravessou a agitação de uma Copa do Mundo, em julho, foi marcada, em agosto, pela comoção pela morte do presidenciável Eduardo Campos, e chega ao momento final entre delações premiadas que acusam de corruptores chefes das cinco maiores empreiteiras do País.

Dentro dessa moldura, a eleição transcorreu dentro dos parâmetros da democracia, o que a fortalece. Num país que já sofreu uma série de rupturas institucionais em sua história, sem dúvida essa pode ser considerada a primeira – e maior – vitória. Na festa democrática que aguarda os brasileiros no domingo 5, a ordem é ir votar em paz e com a própria consciência. Qualquer que seja o resultado, o Brasil sairá mais forte e maduro das urnas.

E agora Eu, candidato a Deputado Distrital com o nº. 15 456. Peço o seu voto e por seu intermédio peço o voto dos seus amigos. Peço que conheça minhas ideias e propostas e que votes por elas. Peço a divulgação do meu nome junto à seus familiares e amigos. Com a sua ajuda em dez votos, creio, seremos vencedores.

 

EU SOU LUIZ GONZAGA E QUERO SER SEU DEPUTADO DISTRITAL

Eu Quero ser Deputado Distrital:

- Para poder lhe representar e ser a sua voz na Câmara Legislativa.

- Para honrar e dignificar Brasília, o Distrito Federal e a sua Gente.

- Para provar que o político não pode e não deve ser leniente, desonesto, interesseiro e corrupto.

Eu Quero ser Deputado Distrital para ter e por ter o compromisso público e o desejo moral-intelectual de/para:

• Defender o fomento a geração de trabalho, emprego e renda no DF;

• Defender a família, o direito a liberdade e a Justiça Social;

• Defender o respeito às pessoas e aos direitos humanos;

• Defender a moralidade na política e no tratamento da coisa pública;

• Defender a preservação do meio ambiente;

• Defender o enraizamento da Democracia Direta.

Agora que lhe apresentei minhas motivações para querer ser Deputado Distrital, peço o seu voto. E caso queira me conhecer melhor, ou pretenda me ajudar, ou queira colaborar, entre em contato conosco: www.unidosporbrasilia.com.br

 

Att: LGR

Comentários

 logo-esoteric-mundi

Agenda

Janeiro 2018
D S
31 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3

Contador de Acessos

Brasília

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Facebook

Desenvolvimento, Hospedagem e Manutencao por IBS WEB .'.