OUTSIDER

Por Luiz Gonzaga da Rocha

OUTSIDER

Há poucos dias das eleições para o comando dos maçons gobianos no Distrito Federal, percebe-se certa tuvidez de conduta no seio dos maçons por conta de palavras e pensamentos mais ou menos enviesados por parte de um dos concorrentes ao primeiro e grão-malhete da coletividade. Nada que assuste, mas o fato gerou (e gera) incômodos e faz despertar questões e controvérsia sobre polêmicas maçônicas e não-maçônicas que bem poderiam ser evitadas.
Fato é que a Administração Maçônica no presente momento se apresenta pacificada e ordeira, e os resultados de um planejamento quadrienal bem elaborado e estritamente observado se mostra vitalizador e carecedor de manutenção na ordem do dia do Administrador Sucessor, de modo que a escalada sucessorial, comprometida com o processo de consolidação do projeto não deveria ser objeto de crítica e nem poderia estar a justificar as atuações desajuizadas das pretensões eleitorais dos candidatos concorrentes, ou de parte dos seus seguidores. Os limites da contenção da ausência de bom-senso, não pode e não deve ser alimentada por defensores de uma ou de outra linha de pensamento. E neste momento, me ocorre pensar nos ditados populares típicos que “ninguém chuta cachorro morto”; “que ninguém atira pedra em árvore que não dá frutos”; e que “ninguém é perfeito ou insuscetível de críticas”, mas não podemos relegar a história, o desenvolvimento e a evolução da maçonaria brasiliense gobiana, e acreditar, sempre, que a evolução da maçonaria e dos maçons deve ser iniciada e concluída com a “Fraternidade” entre Irmãos.
A caminhada e a evolução dos componentes das três chapas merecem respeito. A liberdade de pensamento é um dos baluartes da nossa “Associação”; a responsabilização à cada ação é algo inerente ao carma gerado (no campo espiritual) e a quem se sinta ofendido (no campo material, ético e moral) proporcional as palavras mal colocadas e mal associadas. Interessante destacar que á parte das colocações de cada uma das propostas, mais grave que as palavras, são as promessas alvissareiras para se obter resultados favoráveis ao pleito mediante fraude é uma violência à inteligência dos maçons. Avançar, Avançar sempre, esta parece ser a ordem que deve reinar e conduzir o voto de cada um dos maçons apto a votar.
Quero justificar a utilização do substantivo (outsider) que premia essa escrita, primeiro para afirmar que não considero nenhum dos candidatos como pessoa não aceita no nosso grupo social, e não tenho a pretensão de rotular candidatos como não pertencente à Ordem, ou ainda, como pessoa ou grupo de pessoas que não tenham alguma chance de vencer o pleito; segundo, por comungar do pensamento dos que aprecia os homens livres e de bons costumes e entende que os melhores projetos para os maçons devem ser colocados em primeiro plano, e valorizado, independentemente de quem seja o candidato; e terceiro, por entender e aplicar o substantivo outsider com o sentido de “estranho”, isto sim, por nos parecer “estranho”, muito estranho, ver candidatos maçons tentarem desqualificar pessoas e propostas que se mostram aceitável para o conjunto da sociedade maçônica gobiana no Distrito Federal. É estranho. Repito: é estranho, muito estranho tais comportamentos, palavras e atitudes, ainda que possamos reproduzir as palavras do poeta romano Publio Terêncio Afro (c. 195/185-159 a.C) mil vezes, dizendo: “Homo sum: nihil humani a me alienum puto” (Sou homem: nada do que é humano me é estranho), fico com os versos simbólicos do Papa Francisco, poetando que o “Ser Humano é estranho”, para ao final, afirmar, com letras minúsculas, “somar parece ser a melhor saída para o momento presente”.
Eis o que o Papa Francisco escreveu: O ser humano é estranho. Briga com os vivos e leva flores para os mortos; Lança os vivos na sarjeta e pede um “bom lugar para os morto”; Se afasta dos vivos, e se agarra desesperado quando estes morrem; Ficam anos sem conversar com um vivo, e se desculpa com os mortos; Não tem tempo de visitar os vivos, mas tira o dia todo para ir ao velório do morto; Critica, fala mal, ofende o vivo, mas o santifica quando este morre; Não liga, não abraça, não se importa com os vivos, mas se auto flagela quando estes morrem...; Aos olhos cegos do homem, o valor do ser humano está na sua morte, e não na sua vida. É bom que repensemos isso, enquanto estamos vivos”.
E para concluir, pois não pretendo me imiscuir nesta discussão, vale dizer que para nós, os maçons, que não podemos permitir que hábitos, palavras, pensamentos e ações estranhas ganhem espaço entre nós e venha desassociar Irmãos, pregar cizânia, assim como não podemos permitir que o retrocesso (ainda que revestido com nova roupagem) ocupe lugar nos assentos enfileirados dos nossos Templos. Avancemos.

Capturar

Luiz Gonzaga Rocha - 33, Membro Efetivo e Fundador da ARLS Antônio Francisco Lisboa nº 3793, Benemérita da Ordem, fundada em 21 de junho de 1985.
Marcadores: #Maçonaria. #Eleições2019 #Aleijadinho #Brasília #Brasil
Postagem: www.unidosporbrasilia.com.br/aprendiz - 30/01/2019.

Comentários

 logo-esoteric-mundi

Agenda

Agosto 2019
D S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Contador de Acessos

Brasília

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Facebook

Desenvolvimento, Hospedagem e Manutencao por IBS WEB .'.